A senhorinha Andrea Gaylord não conseguiu voltar para casa, em Paradise, quando o incêndio começou, tendo que fugir para um local em seguranças. Seus dois cachorros, porém, estavam no local e permaneceram lá durante a catástrofe. Andrea só torcia para eles terem fugido, mas as esperanças diminuíam a cada dia – ela fugiu no dia 8 de novembro, quando sua casa foi consumida pelo fogo, e só pode retornar ao local na sexta-feira, dia 7 de dezembro, praticamente 1 mês depois.

Andrea possuía 2 cachorros da raça pastor-de-anatólia. Um deles, Miguel, foi socorrido e levado para um abrigo a 135 quilômetros de onde sua dona estava. Quem o encontrou no abrigo foi a voluntária Shayla Sullivan, que no último mês conseguiu avistar o outro cachorro, Madison, próximo às ruínas da casa.

madisonReencontro de Madison com Andrea foi emocionante

Madison estava assustado e fugia quando os voluntários de resgate de animais tentavam se aproximar. Mesmo assim, Shayla deixava água e comida para o cãozinho, que permaneceu cuidando de sua casa mesmo ela tendo virado cinzas e escombros. Shayla também deixou roupas com o cheiro de Andrea para que Madison permanecesse na região de sua casa até conseguir ser resgatado.

Na última sexta (7), Andrea finalmente teve autorização para visitar sua antiga residência e, junto com Miguel e os petiscos favoritos de Madison, voltou para buscar seu fiel amigo, que guardara a residência e sobreviveu por conta própria a um dos piores incêndios da história dos Estados Unidos. “Imagine a lealdade de passar pelas piores circunstâncias e estar aqui esperando”, comentou Andrea após reunir a família.